Ir para o conteúdo

Igreja da Misericórdia de Évora Monte

Edifício aparentemente do século XVI, aparenta bastante simplicidade arquitectural, apenas com um pequeno alpendre que assenta em colunas clássicas simples de mármore. Também simples, mas de granito, é a porta principal, encimada por um óculo ovalado.

Por sua vez, o interior surpreende-nos pela profusão impressionante de painéis de azulejo, sendo os da nave atribuíveis, por Túlio Espanca, a Policarpo de Oliveira Bernardes, grande mestre lisbonense desta arte no século XVIII. Este conjunto, que é o ex-libris da igreja, representa temáticas das obras da Misericórdia, a Vida da Virgem Maria, o Casamento de Ester e a Decapitação de Holofernes.