Qualidade da Água

A Câmara Municipal de Estremoz tem implementado um programa de controlo de qualidade da água desde a sua produção até ao consumidor, com o objetivo de verificar e garantir essa a qualidade no abastecimento para consumo humano, são realizadas mensalmente campanhas de amostragem. Os parâmetros analisados variam, em cada campanha, de acordo com o definido no PCQA de Estremoz.

Os relatórios destinam-se a fornecer um resumo dos resultados obtidos no controlo analítico de águas, apresentando, para cada sistema, um tratamento estatístico dos resultados, informações relativas à qualidade das águas e ao número de incumprimentos face à legislação em vigor (Decreto-Lei n° 306/2007, de 27 de agosto).
Fornecem, ainda, indicações relativas às próprias campanhas de amostragem, procedimento de colheita e métodos analíticos utilizados em cada determinação.

A monitorização dos processos de tratamento e da qualidade da água distribuída no Concelho de Estremoz é feita por laboratórios creditados pelo Instituto Português de Acreditação e os resultados são reportados à ERSAR (Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos).

Uma água para consumo humano de boa qualidade caracteriza-se por não colocar em risco a saúde pública, ser agradável ao paladar e à vista dos consumidores e não causar a deterioração ou destruição das diferentes partes do sistema de abastecimento.

Além da qualidade da água que sai da torneira, as análises permitem avaliar o próprio sistema, pois os parâmetros escolhidos determinam se eventuais problemas se registam nas captações, no tratamento utilizado ou mesmo com o tipo de tubagens e canalizações usadas.