Ir para o conteúdo

Aviso de Privacidade

O Município de Estremoz, está empenhado em assegurar a segurança dos dados pessoais. Na sequência, o Município de Estremoz, elaborou o presente Aviso de Privacidade, por forma a dar a conhecer os termos pelos quais recolhe e trata dados pessoais, de acordo com o Regulamento (UE) 2016/769 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de abril de 2016, (doravante RGPD), a Lei n.º 58/2019, de 08 de agosto que assegura a execução, na ordem jurídica nacional, do Regulamento (UE) 2016/679, de 27 de abril e o disposto no Anexo I da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, que aprova o Regime Jurídico das Autarquias Locais.

Os tratamentos de dados pessoais descritos no presente Aviso dizem respeito a dados pessoais dos cidadãos que se relacionam com o Município de Estremoz, e todos aqueles que, de alguma forma, interagem connosco.

A proteção dos cidadãos relativamente ao tratamento de Dados Pessoais é um direito fundamental, pelo que a sua privacidade é importante para nós e, por isso numa lógica permanente de promoção do bem-estar dos cidadãos, o Município de Estremoz, enquanto entidade pública, atua nas mais diversas áreas, que vão desde o ordenamento do território e Obras Municipais, o património, o desenvolvimento sócio cultural, educativo e desportivo, ambiente e serviços urbanos, versando também a promoção do desenvolvimento económico, eventos temáticos, a proteção civil, o turismo, a ação social.

Neste sentido, iremos explicar como são os seus dados tratados, como os protegemos e de que forma poderá exercer os seus direitos.

 

Quem é o responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais?

O Município de Estremoz, é a entidade responsável pelo tratamento dos dados, nos termos do RGPD e pode ser contactada através do e-mail, geral@cm-estremoz.pt, contacto, 268 339 200, ou dirigindo-se às nossas instalações no Rossio Marquês de Pombal, em Estremoz, com o horário de atendimento das 9:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30.

 

Que dados pessoais recolhemos?

Os dados pessoais que recolhemos dependem do contexto das suas interações com o Município de Estremoz, no âmbito da sua atividade municipal e no cumprimento das atribuições que lhe estão legalmente cometidas.
O Município de Estremoz recolhe e trata os dados pessoais que sejam fornecidos voluntariamente pelo titular dos dados através do preenchimento dos vários formulários existentes, tanto presencialmente como via website, por telefone, por correio postal ou correio eletrónico.
Qualquer informação que o titular forneça apenas será utilizada para a finalidade descrita e em cumprimento estrito da legislação sobre proteção de dados.

 

Quais as finalidades que precedem a recolha dos seus dados pessoais e qual fundamento para o seu tratamento?

O Município de Estremoz assegura que o tratamento dos seus dados pessoais é efetuado no âmbito da finalidade para a qual os mesmos foram recolhidos, ou para finalidades compatíveis com o propósito inicial para que foram recolhidos. Além disso, tratamos os seus dados pessoais para fins legalmente previstos ou para a prossecução de serviços online a seu pedido.
De uma forma geral, podemos utilizar os seus dados pessoais para gestão e execução de uma relação contratual, para o tratamento de reclamações e sugestões, para diligências pré-contratuais, para o cumprimento de obrigações legais, bem como para a satisfação de interesses públicos de que o Município de Estremoz possa estar investido.

 

Por que período conservamos os seus dados pessoais?

Conservamos os seus dados pessoais apenas pelo período de tempo necessário e no âmbito da finalidade para os quais os recolhemos. Tomamos por referencial para determinação do período de conservação adequado as várias deliberações das autoridades de controlo de proteção de dados europeus, nomeadamente da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) e o Regulamento Arquivístico para as Autarquias Locais (Portarias nº 412/2001, de 17 de abril e 1253/2009, de 14 de outubro).

Os períodos de conservação dos seus dados podem mudar significativamente quando estejam em causa fins de arquivo de interesse público, motivos históricos, científicos ou estatísticos, comprometendo-se o Município de Estremoz a adotar as medidas de conservação e segurança adequadas.

 

Quais são os direitos dos titulares dos dados pessoais?

Nos termos da legislação aplicável, poderá exercer os seguintes direitos:

  • Direito de Acesso: obter a confirmação de que os seus dados pessoais são ou não objeto de tratamento e, em caso afirmativo, aceder aos mesmos. Neste caso, o Município de Estremoz reserva-se no direito de exigir o pagamento de uma taxa razoável, tendo em conta os custos administrativos;
  • Direito de Retificação: obter a retificação dos dados pessoais inexatos que lhe digam respeito e solicitar que os seus dados pessoais incompletos sejam completados;
  • Direito ao Apagamento: obter o apagamento dos seus dados pessoais, excetuando os casos em que se verifiquem fundamentos que validem a sua conservação;
  • Direito à Limitação do Tratamento: obter a limitação do tratamento dos seus dados pessoais quando estes digam respeito a determinadas categorias de dados ou finalidades de tratamento;
  • Direito de Portabilidade: receber os dados pessoais que nos forneceu, num formato estruturado de uso corrente e de leitura automática, bem como de solicitar a transmissão dos seus dados pessoais a outro responsável pelo tratamento;
  • Direito de Oposição: opor-se, em qualquer momento, a determinado tratamento dos seus dados pessoais, como por exemplo, no caso do tratamento de dados pessoais para fins de comercialização direta;
  • Direito de Não Sujeição a Decisões Individuais Automatizadas, incluindo a Definição de Perfis: não ficar sujeito a nenhuma decisão tomada exclusivamente com base no tratamento automatizado, incluindo a definição de perfis, que produza efeitos na sua esfera jurídica ou que o afete significativamente de forma similar.

 

Para que possa exercer os seus direitos deverá contactar-nos através do email: protecaodados@cm-estremoz.pt .

 

Ainda, é-lhe garantido o direito de retirar o seu consentimento sempre que o haja prestado, através dos meios acima indicados. A retirada de consentimento não invalida, no entanto, o tratamento efetuado até à data da retirada.
O titular dos dados pessoais tem, também, o direito de apresentar uma queixa à CNPD, ou outra autoridade de controlo competente, bem como de recorrer a qualquer outra via de recurso judicial, caso considere que os seus dados pessoais não são objeto de um tratamento lícito por parte do Município de Estremoz, nos termos da legislação vigente e do presente aviso.

 

Encarregado da proteção de dados

O Encarregado de proteção de dados garante a conformidade do tratamento de dados com a legislação em vigor.
Os titulares de dados pessoais podem sempre contactar o Encarregado de proteção de dados para esclarecerem todas as questões que considerem pertinentes relacionadas com o tratamento dos seus dados pessoais e exercício dos seus direitos.
 

Contacto: 268 339 224 (Chamada para a rede fixa nacional)
Email: protecaodados@cm-estremoz.pt

 

Que medidas de segurança são adotadas?

O Município de Estremoz está comprometida a colocar em prática as medidas técnicas e organizativas adequadas para proteger os seus dados pessoais contra a sua destruição, acidental ou ilícita, a perda acidental, a alteração, a difusão ou o acesso não autorizado. Considera-se aplicado um nível de segurança adequado em relação aos riscos que o tratamento apresenta, face à natureza dos dados a proteger.
A efeito, o Município de Estremoz desenvolve toda a sua atividade com recurso a sistemas que visam asseverar a segurança dos seus dados pessoais, através da criação de procedimentos que previnam acessos não autorizados, perdas acidentais e/ou a destruição dos seus dados pessoais, comprometendo-se com o respeito e conformidade com a legislação relativa à proteção de dados pessoais.

 

Por que partilhamos os seus dados pessoais?

O Município de Estremoz pode partilhar os seus dados pessoais com entidades terceiras, cujas terão acesso aos mesmos.

Tais entidades terceiras incluem autoridades públicas, parceiros, prestadores de serviços, entre outros.

No âmbito da sua atividade, o Município de Estremoz pode recorrer a subcontratantes, que acederão e tratarão os seus dados pessoais de acordo com as instruções do Município de Estremoz.

Para isso, garantimos que tais subcontratantes oferecem garantias suficientes de execução de medidas técnicas e organizativas adequadas, por forma a que o tratamento satisfaça os requisitos do RGPD e demais legislação aplicável, bem como assegure a defesa dos direitos dos titulares dos dados pessoais.
Assim, o Município de Estremoz pode ainda partilhar os seus dados pessoais quando tal partilha seja necessário ou adequado à luz da legislação aplicável, para o cumprimento de obrigações legais a que esteja adstrito, para responder a solicitações de autoridades públicas, no caso de estarem em causa interesses vitais do titular dos dados pessoais ou de terceiro, para a proteção dos direitos e da propriedade do Município de Estremoz, ou quando nos tenha prestado o seu prévio consentimento.

 

Em que circunstâncias transferimos os seus dados pessoais para países terceiros?

A atividade conduzida pelo Município de Estremoz não implica a transferência dos seus dados pessoais para países terceiros – situados fora da União Europeia ou que não pertençam ao Espaço Económico Europeu.
Sempre que tal posso vir a ocorrer, serão adotadas todas as medidas necessárias e adequadas para assegurar a proteção dos seus dados pessoais.

 

Como usamos os “Cookies”?

Para saber mais sobre cookies e como o Município de Estremoz os usa no seu website, consulte em https://www.cm-estremoz.pt/pagina/acesso-rapido/politica-de-cookies o nosso Aviso de Cookies

 

Alterações ao Aviso de Privacidade

Todas as atualizações ao Aviso de Privacidade serão comunicadas através de aviso na página de entrada do sítio da Internet: https://www.cm-estremoz.pt/, para que tais alterações possam ser imediatamente apreendidas.

Ao continuar a utilizar este sítio da Internet na sequência de uma modificação ao Aviso de Privacidade que tenha sido, por este meio, comunicada, presumir-se-á que o utilizador tomou conhecimento e aceita os seus termos.