Emergência ABEM: COVID - 19

 

No seguimento da declaração da Pandemia COVID-19 pela OMS, vários países foram obrigados a adotar medidas excecionais, Portugal incluído. No dia 18 de março de 2020, foi declarado o Estado de Emergência no nosso País. Muitos cidadãos, incluindo beneficiários abem:, estão hoje sob medidas extraordinárias impostas pelo Governo Português face à pandemia do COVID-19. Cidadãos de grupos de risco, por força das medidas impostas, vêem-se, em muitas situações, privados ou com muitas dificuldades no acesso a bens essenciais, incluindo os medicamentos.
É necessário, pois priorizar a saúde e bem-estar e tomar medidas para proteger a população de risco.
Assim, e em parceria com a Associação Dignitude, o Município de Estremoz avançou com a medida Protocolo Emergência Abem: Covid19, para dar resposta a estas situações.
O Programa abem vai continuar o seu funcionamento regular. Há, contudo, a implementação da medida Emergência abem: COVID-19, para situações emergentes de precariedade económica.
Os potenciais beneficiários, integrados em situações de precariedade económica e com receituário médico, podem contactar telefonicamente a linha de apoio do município 962 489 395.
Informam-se ainda os beneficiários Abem que o Município e a Associação Dignitude, de forma extraordinária, tomaram a decisão de permitir a permanência da medida sem a reavaliação socioeconómica, prolongando a validade dos cartões por 3 meses, período renovável se necessário.