A centenária Praça de Toiros de Estremoz foi inaugurada em 1904 e por ela passaram, até aos dias de hoje, várias figuras do toureio nacional e internacional.

Devido ao mau estado de conservação em que a Praça se encontrava em 2011, o Município estabeleceu um protocolo com o Centro de Bem-Estar Social de Estremoz, entidade proprietária do imóvel, com vista à sua recuperação e adaptação a espaço multifunções.

A 30 de agosto de 2013, depois de efetuadas as obras de reconversão do espaço, a Praça de Toiros foi reaberta ao público, com a realização de uma Corrida de Toiros, na qual participaram os cavaleiros António Telles, João Salgueiro, Rui Fernandes, Vítor Ribeiro, João Moura Caetano, João Telles Jr. e João Maria Branco, os grupos de forcados de Monforte e Montemor, e tendo sido lidados 7 touros da Ganadaria Pinto Barreiros.

A obra de reconversão da Praça de Toiros de Estremoz veio permitir a realização de diversas atividades culturais e desportivas, para além dos espetáculos tauromáquicos, tendo a obra consistido ainda na recuperação das muralhas e dos espaços envolventes, desde as Portas de Santa Catarina até à Praça. Foi ainda construído um edifício de apoio ao funcionamento deste novo equipamento, onde funciona atualmente a sede da OPE - Associação Tauromáquica de Estremoz, coletividade estremocense à qual o Município entregou a gestão da Praça.

A Praça de Toiros de Estremoz é classificada administrativamente como de 2.ª categoria e foi construída ao estilo clássico, tendo uma lotação de 2.660 lugares.