Ordenamento do território

A localização privilegiada do nosso território aliada ao vasto património natural, paisagístico, edificado e histórico-cultural faz de Estremoz um concelho com uma identidade muito singular e bastante atrativa.

 

No que respeita ao ordenamento do território e desenvolvimento urbano, a CME assume o compromisso de salvaguardar que esse desenvolvimento se faça de forma equilibrada e sustentada, por forma a promover o crescimento económico-social da região.

 

Neste contexto, desenvolvemos e continuaremos a desenvolver Instrumentos de Gestão Territorial, nomeadamente, o Plano Diretor Municipal, Planos de Urbanização, Planos de Pormenor, Áreas de Reabilitação Urbana bem como, o Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, instrumentos que refletem as nossas estratégias, que consideramos serem eficazes e condição essencial para contribuir para o aumento da  qualidade de vida no concelho de Estremoz.

 

Contudo, entendemos que o território é dos seus atores e que as decisões devem ser transparentes, participadas e discutidas, razão pela qual, em harmonia com o encetado até aqui, entendemos que só aliados podemos “desenhar” e desenvolver o nosso concelho, transformando-o e adaptando-o às novas exigências e preservando a sua verdadeira identidade. 

 

Sílvia Dias

Vereadora dos Pelouros de Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano, Ambiente e Serviços Urbanos